Vale Fértil é primeira do ramo a lançar campanha de logística reversa
De olho na sustentabilidade, coleta e reciclagem de plásticos e vidros busca reduzir o descarte
28/04/2017
Ainda pouco comum no ramo de alimentos, a logística reversa é uma das principais aliadas na redução dos resíduos sólidos descartados todos os dias no planeta. Regulamentada pela Lei 12.305/2010, a ferramenta é uma das alternativas sustentáveis para solucionar o problema das 25 mil toneladas de embalagens que vão parar todos os dias nos depósitos de lixo brasileiros, segundo dados do Ministério do Meio Ambiente em parceria com o IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) e divulgados na publicação “Manual de Educação - Consumo Sustentável". Consciente desta situação e de sua responsabilidade ambiental, a Vale Fértil, líder no segmento de azeitonas no país, acaba de lançar uma campanha de reciclagem toda baseada na logística reversa – é a primeira marca de azeitonas a investir neste tipo de ação sustentável.

A campanha consiste na troca de cinco embalagens vazias de qualquer produto da marca por um pote de azeitonas verdes de 360 g. Para isso, basta o consumidor entrar no site – www.valefertil.com.br – preencher alguns dados e aguardar. A própria Vale Fértil se responsabiliza por coletar as embalagens usadas e entregar o pote cheio na casa do consumidor, em Curitiba e Região Metropolitana.

O objetivo da ação é reduzir em cerca de 15% a quantidade de embalagens na Região Metropolitana de Curitiba, onde está sendo o mercado teste da campanha. No total são 320 toneladas de filme plástico e 30 milhões de unidades de vidro. Uma preocupação justificada, já que 43% das embalagens produzidas no país, segundo a Associação Brasileira da Embalagem (ABRE), se constituem de vidro e plástico e um número muito menor delas é reciclado – apenas 17,2% dos plásticos descartados hoje ganham uma nova utilidade.

De acordo com Marcelino Vidal, diretor-comercial da Vale Fértil, “as embalagens irão direto para uma empresa de reciclagem. Reconhecemos a importância de iniciativas ambientais em benefício ao meio ambiente, além do aumento da credibilidade e valorização da nossa marca”, acredita Vidal.

A preocupação ambiental, aliás, já faz parte da empresa há anos. Além desta campanha de logística reversa, que promove também o desenvolvimento econômico e social, a Vale Fértil investe no tratamento dos efluentes que são gerados durante o envase de azeitonas, azeites e conservas em geral nas fábricas de Mendoza, San Juan e Aimogasta, na Argentina, e São José dos Pinhais, no Paraná.

Com isso, a empresa, responsável por 17% do mercado de azeitonas no País, comercializando 14 milhões de quilos ao ano e projetando um crescimento de 10% até o final de 2017, mostra que só uma coisa é mais importante que a qualidade de seus produtos: a consciência e o bem-estar do planeta.
Fonte: G1




Obrigado por comentar!
Erro!