Logística reversa chega aos produtores da Serra gaúcha
Produtores de tabaco de 90 municípios gaúchos poderão devolver as embalagens vazias de agrotóxicos
28/04/2017
Até o dia 14 de junho, produtores de tabaco de 90 municípios gaúchos poderão devolver as embalagens vazias de agrotóxicos tríplice lavadas em programa itinerante desenvolvido pelo SindiTabaco.

Depois de percorrer a região central do Rio Grande do Sul, o Programa de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos estará até o dia 14 de junho na região da Serra gaúcha. Em andamento desde o ano 2000, o programa itinerante desenvolvido pelo Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) atende 550 municípios gaúchos e catarinenses em 2,6 mil pontos de recebimento no meio rural, beneficiando um universo de 116 mil produtores de tabaco.

Nesta semana os caminhões do programa percorrem Arroio do Tigre. No mês de abril, estarão em Estrela Velha (03 de abril), Salto do Jacuí (04 de abril), Tunas (05 de abril), Lagoão (06 de abril), Jacuizinho (10 de abril), Herveiras (11 de abril), Sinimbu (12 a 17 de abril), Gramado Xavier (18 a 19 de abril), Canudos do Vale e Forquetinha (20 de abril), Barros Cassal (24 a 27 de abril), Marques de Souza e Progresso (27 de abril).

Em Progresso o roteiro segue no mês de maio, assim como em outros municípios como Boqueirão do Leão, Sério, Fontoura Xavier, Soledade, Ibirapuitã, Putinga, Ilólpolis, Anta Gorda, Arvorezinha, Itapuca, Nova Alvorada, Doutor Ricardo, Relvado, Travesseiro, Pouso Novo e São José do Herval.

No mês de junho, haverá pontos de coleta em Vila Maria, Casca, Santo Antônio do Palma, Gentil, Água Santa, Nova Prata, Protásio Alves, Fagundes Varela, Vista Alegre do Prata, Guaporé, Serafina Corrêa, União da Serra, Montauri, Camargo, Muçum, Vespasiano Corrêa, Dois Lageados, São Valentim do Sul, Ibiraiaras, Santa Cecília do Sul, Vila Lângaro, Sertão, Getúlio Vargas, São Domingos do Sul, Vanini, David Canabarro, Moliterno e Ciríaco.

Acesse o roteiro completo

SAIBA MAIS - O tabaco é, segundo pesquisas o produto comercial agrícola que menos utiliza agrotóxicos, mas provavelmente o que mais se preocupa com o descarte correto das embalagens vazias. Sejam aquelas utilizadas para o tabaco ou para outras culturas, o produtor conta há 17 anos com um sistema itinerante de devolução, com hora marcada e próximo da propriedade rural.
Fonte: SEGS




Obrigado por comentar!
Erro!